Crónicas das Maternidade

Thoughts, stories and ideas.

Autoria de Patrícia Costa
Todos os direitos reservados.
2018

A irmandade entre as mães

Crónica de 10 / 11 / 2014

Há algo que me tem surpreendido: o facto de depois de ser mãe, me ter tornado “irmã” de todas as mães do mundo. É verdade, há uma irmandade que nos une e nos torna a todas iguais ao sermos mães.

Mas somos mulheres. E, como diria uma amiga, fruto de uma educação judaico-cristã que nos faz achar que temos sempre de ser boas meninas. O que implica identificar as que não são. 

A minha mãe teve-me aos 17 anos, divorciou-se aos 18. E acho que ainda hoje quando vai à nossa aldeia há velhotas a benzerem-se. Por isso eu já sabia que haviam as meninas más e as boas. Mas confesso que sempre achei mais piada às más.

E por isso, antes de ser mãe eu era um alvo fácil. Comecei a viajar sozinha aos 16 anos. Tenho tatuagens e piercings. Mas gosto de maquilhagem e saltos altos. Gosto de hotéis de 5 estrelas e de barracas na praia em Goa. Gosto de beber copos. Ah, e falo alto. Muito, dizem alguns. Tudo me fez ter sempre pessoas que me adoram ou que me odeiam.

Mas de repente fui mãe e durante uns tempos beneficiei da aura da irmandade. Acho que 1 dia. A partir daí, salve-se quem puder, porque estamos todas a acumular pontos para o inferno das mães:
– “Não amamentaste? O leite está na cabeça!” Deve ser por isso que não consegui, porque eu tentei com as mamocas…
– “Não deixas a tua filha chorar? Que vai ela achar da vida?” Que é um lugar onde não tem de se sofrer desnecessariamente, espero eu.
– “A tua filha não vê TV? Tens a mania que és eremita?” Não, só gosto que se entretenha com o mundo real.
– “Não gostas de ouvir outras crianças gritar e escreves sobre ser mãe?” É verdade. Apercebi-me disso quando crianças me gritavam ao ouvido e puxavam os cabelos na loja do cidadão. Mas continuo a gostar das outras.

Gostava de terminar a crónica com algo que fosse fácil criticar e assim tornar mais óbvio o quão críticas somos com a irmandade. Mas algo me diz que será sempre possível encontrar algo acima.

Um bem haja e bom dia santo a todos **

Mais Crónicas:

-->