Crónicas das Maternidade

Thoughts, stories and ideas.

Autoria de Patrícia Costa
Todos os direitos reservados.
2018

FILHOS ÚNICOS: Será que ter um só filho é egoísta?

Crónica de 18 / 11 / 2014

Tenho-me debatido, por razões que a vida me traz, com esta questão: será ter só um filho um egoísmo dos pais? 

Conto-vos porquê; o M., por exemplo, é filho único e a mãe também. Há pouco tempo, a mãe do M partiu a perna e teve de ficar internada uns meses. Sendo a única pessoa que podia dar apoio, isto implicou quilómetros e quilómetros diários para estar com a mãe, ginásticas semanais para garantir a sua recuperação e uma infinita preocupação a pensar em que mais podia fazer pela mãe.

No outro dia, em conversa com uma amiga, ela contava-me que também tinha sido filha única e como a mãe morreu cedo, ficou sozinha no mundo. Daí ter optado por ter mais filhos para não lhes deixar este legado. E, hoje em dia quando já são os três adolescentes, vê que, entre eles, há uma união que não se atingiria numa amizade.

Eu também fui filha única muitos anos. E apesar de muitas vezes a discussão ser sobre se são ou não mais mimados, a mim, mãe doidamente apaixonada pela sua filha, parece-me acima de tudo injusto deixá-la sozinha neste mundo a tomar conta dos pais ou, mesmo sozinha se algo nos acontecer.

Sei que há muitas e várias razões para se ter filhos mas será que não somos todos mais egoístas hoje em dia? E quando pensamos nos filhos pensamos em noites mal-dormidas, fraldas, pouca liberdade, e uma série de outros olhares que reflectem mais os nossos interesses que outra coisa?

Obviamente ter filhos, e educa-los é caro. E os dias não estão cor-de-rosa (muito menos as contas bancárias…)

Mas não será a decisão mais baseada em nós? Numa altura em que a venda de Smart phones e cadeias de lojas de roupa proliferam, não estaremos a escolher-nos a nós vs aos nossos filhos? Confesso que ainda não tenho resposta. Mas está na minha lista de temas importantes pendentes. E de crónicas polémicas **

Mais Crónicas:

-->