Crónicas das Maternidade

Thoughts, stories and ideas.

Autoria de Patrícia Costa
Todos os direitos reservados.
2018

O tempo com um bebé

Crónica de 18 / 11 / 2014

A minha relação com o tempo é uma relação do género apaixonado: estamos constantemente a mudar o passo e nunca percebo se está tudo bem ou mal! 

O tempo tem uma velocidade imensurável: é lento para a minha filha adormecer e para passarem as suas constipações.

Mas é rápido quando quero que ela durma para eu conseguir fazer alguma coisa. E também é rápido quando nos estamos a divertir na rua e temos de vir para casa porque está na hora da sesta dela.

É lento quando quero que passe o inverno ou a fase dos dentes.

Mas é rápido quando me sento para ver um filme e nem meia hora consigo ficar acordada.

Mas, quando começo a arrumar a roupa da Clara, percebo de repente que o tempo é na verdade demasiado rápido a amadurecer o meu pequeno ser e a transformá-la num ser maior. Menos meu, mais do mundo.

O tempo tem sido, de facto, demasiado rápido a torná-la num ser maior. Agarro-me a que seja maior em todos os sentidos.

Roupa da Clara recém-nascida e com 9 meses
Adicionar legenda

Mais Crónicas:

-->