Crónicas das Maternidade

Thoughts, stories and ideas.

Autoria de Patrícia Costa
Todos os direitos reservados.
2018

Já não sei quem sou

Crónica de 30 / 11 / 2014

Já não sei quem sou.

Disseram-me um dia, durante a gravidez, que não desse importância ao estado da minha cabeça naquela altura: o pior era o pós-parto e demorava sensivelmente um ano a voltar a encontrar-me. 
Lembro-me muitas vezes disso, quando percebo que, passados 10 meses do nascimento da minha filha, eu cada vez menos sei quem sou.
Eu era solteira. Agora sou casada.
Eu tinha uma empresa. Agora sou desempregada.
Eu saía à noite todas as semanas. Agora deito-me entre as 10 e as 11 da noite.
Eu fazia muitos programas com amigos. Agora tenho dificuldade até em falar com eles.
Eu era uma boa namorada. Agora sou uma boa mãe.
E vejo também nos outros a dificuldade em saber quem eu sou. Quer dizer, reconhecem que ainda sou vaidosa. Que ainda sou comilona. Que ainda gosto de beber uns copos. Mas não reconhecem mais que isso.
E eu também não. E já se passaram 10 meses mas cada vez sei menos quem sou e cada vez sou mais aquilo que não sei que sou.
Sei apenas uma coisa: que todo este desconhecido, é guiado pelo maior, mais puro e mais bonito amor que já vi em toda a minha vida. O amor por este pedaço de gente que está comigo 24 horas por dia.
E algo que sabe tão bem só me pode transformar no caminho do bem <3
A minha força da Natureza

Mais Crónicas:

-->