Crónicas das Maternidade

Thoughts, stories and ideas.

Autoria de Patrícia Costa
Todos os direitos reservados.
2018

Quem quer casar com a carochinha

Crónica de 09 / 12 / 2014

Tenho muitas amigas solteiras e fui solteira muitos anos, daquelas praticamente com carta profissional.

E se viver a dois não é sempre fácil, conhecer o “2” é, de longe, muito, mas muito mais difícil.

Já lá vai o tempo onde as mulheres, por não trabalharem, deveriam desejar um homem rico, ou, pelo menos, bem posto na vida.

Queimámos soutiens, começámos a trabalhar, conseguimos carreiras, viver sozinhas, arranjar namorados “temporários”, andar sempre bonitas, adiar o casamento, maternidade e tudo mais que cheirasse a “mofo” romântico.

Mas acho que no fundo as mulheres são umas eternas românticas  e portanto, ainda assim, continuamos eventualmente todas à procura do príncipe encantado.

E é por isso que, estou há dias para digerir esta música, que a minha filha agora adora ouvir: a carochinha.

https://www.youtube.com/watch?v=VG4wUNKNTgw&index=19&list=PL19A763F102BC3D83
Quem quer casar com a carochinha?
Então não é que depois de tantos anos, vejo que a coitada da carochinha é afinal vendida como “rica e até é bonitinha?!”

Longe vão os tempos da gata borralheira, menina coitadinha a quem o príncipe encontra e o amor fala mais alto e resolve tudo! Mas será que a mensagem certa é: “emancipa-te mulher, fica rica e assim poderá escolher, entre vários, quem queres para amar?!”

E será que se a carochinha fosse assim tão rica queria casar? Além de que de bonitinha esta carochinha não tem nada onde concluo que só pode ser pelo dinheiro!!

Acredito que já não hajam gatas borralheiras mas, por favor, alguém que escreva uma música nova que inspire mais o futuro romântico da minha filha. Aposto que foi a mãe do João ratão que escreveu esta versão…

Mais Crónicas:

-->