Crónicas das Maternidade

Thoughts, stories and ideas.

Autoria de Patrícia Costa
Todos os direitos reservados.
2018

Ajudar ajuda?

Crónica de 11 / 12 / 2014

Ainda não se sabe por de pé mas já gosta de estar de pé.Quando me estende a mão, o seu olhar não pede ajuda ou tem dúvidas que consegue andar. O seu olhar transmite apenas a certeza que eu leio e sei todas as suas vontades e necessidades.

Estou sempre lá. Mas já pensei: e quando não estiver? E será que não devia deixá-la medir o risco das suas decisões? Cair para se proteger das próximas vezes?

Já a deixei cair algumas vezes. Dependendo do mood, ora chora baba e ranho, ora se levanta e segue caminho.

Ela.

Porque eu continuo a achar muito complicado não estar lá sempre para toda e qualquer queda da minha filha.

Mais Crónicas:

-->