Crónicas das Maternidade

Thoughts, stories and ideas.

Autoria de Patrícia Costa
Todos os direitos reservados.
2018

Os bebés e as doenças

Crónica de 15 / 12 / 2014

A primeira vez que a Clara ficou doente entrei em pânico. Tosse, ranho, noites mal dormidas… Parecia o fim do mundo e não era, infelizmente, em cuecas.

Da segunda e da terceira já tinha calibre vá. Sacava do soro e do aspirador nasal como um cowboy num western, já sabia quantos dias o mau estar ia durar e eu estava lá para quando tudo voltasse ao normal!

Há 4a ou 5a vez já percebi que me tinham lixado porque a vida de mãe não tem “normal”! Saltas de doença em doença, dente em dente, diarreia em diarreia, salto de crescimento em salto de crescimento, de noite mal dormida em noite mal dormida. Os bebés e as doenças sãom como as cerejas: depois da primeira é até ao infinito…

Contudo, não há prémio por se ter um pós-doutoramento em “doenças e outras cenas que fazem bebés ficar mais rabugentos”.

É só esta constatação que “bebés fofinhos” têm sempre qualquer coisa que nós “mães adoráveis” temos de tratar. Uma semana do género: “não aconteceu nada, dormiu sempre muito e comeu tudo e nunca rabujou” não existe, é um mito!

O que só torna mais estranho ainda a  pica por este fenómeno chamado maternidade não baixar! E haver mais devoluções das criaturas á pre cedência, do género, olhe desculpe encomendei isto “em bom!”

Uma das primeiras vezes que ficou doente

Mais Crónicas:

-->