Crónicas das Maternidade

Thoughts, stories and ideas.

Autoria de Patrícia Costa
Todos os direitos reservados.
2018

Manhã nas urgências pediátricas OU porque ser mãe é ser um herói de BD

Crónica de 16 / 12 / 2014

Manhã passada nas urgências pediátricas.

Vimos para casa com uma otite dupla, Pimba. 
Mas tudo o que tenho para vos contar se passa antes do diagnóstico.
Já mencionei aqui que fui enganada e que as famosas hormonas da gravidez afinal nunca mais nos largam.
No lado positivo da coisa, afinal não sou desempregada: sou um herói de BD! Mista com carpideira profissional…
Chego então ao hospital. 
– Triagem: “se calhar está só chateada com a vida a sua filha!” (Entra o herói de BD: “estás a gozar não ó porca? Chateada com a vida estás tu! Fazia-te já um golpe daqueles…”)
Sala de espera 1: crianças e bebés todos nus para baixar a febre. Entra a  carpideira ao serviço, vontade de chorar, chorar, jogar…
Sala de supera 2: criança tira os brinquedos a toda a gente incluindo a mim!!! Entra o herói de BD: “olá menina, deixas as outras crianças brincarem e eu ficar sentada nesse banco?” Olhar fulminante para a mãe que diz “estás a ficar controlada por mim e vais controlar este ser ou serás destruída em segundos!!!”

Daqui para a frente não vale a pena contar, foi só a carpideira ao serviço enquanto a minha filha chorava …

 Mas uma carpideira que faz part-time de super-herói!!!


Urgências pediátricas

Mais Crónicas:

-->