Crónicas das Maternidade

Thoughts, stories and ideas.

Autoria de Patrícia Costa
Todos os direitos reservados.
2018

Largou-me a mão e foi...

Crónica de 19 / 01 / 2015

Assim que começamos a fazer aquele caminho, ela sabe que vamos para a praia.

Hoje fomos só as duas. Depois do almoço e do calor.
E quando lá chegámos, fizemos o que temos feito vezes sem conta nos últimos dias: dou-lhe uma mão e andamos.
Até que, conscientemente, largou a minha mão. E desatou a andar sozinha.
Estava pronta. E sentia-se segura. Até para cair.
E eu fiquei ali sem saber o que sentir mas a sentir tudo ao mesmo tempo: a minha bebé já não era bebé. E já não era minha. Mas sentia-se confiante para enfrentar o mundo sozinha. 

Mais Crónicas:

-->