Crónicas das Maternidade

Thoughts, stories and ideas.

Autoria de Patrícia Costa
Todos os direitos reservados.
2018

A hora do adeus

Crónica de 01 / 02 / 2015

Chegou a hora do adeus ao M.

A hora em que as férias dele acabaram e teve de regressar a Lisboa e deixar cá as suas meninas.
Ele nunca achou piada a esta ideia, que nós ficássemos e ele fosse.
E segundo a minha avó, isto não é coisa que se faça a um marido! 
Mas por mais que nunca tenhamos estado tanto tempo separados, foi importante para mim ficar.
Parte do que me conquistou nele, foi uma subtil capacidade de estar sempre presente sem me fazer sentir que perdia “o meu espaço”. 
Quando nos conhecíamos há pouco tempo disse-lhe que ia sozinha para Cabo Verde duas semanas e ele disse que vinha.
Alguns meses depois eu vinha para Moçambique passar o Natal e ele veio cá ter.
Mas agora eu fiquei com a menina dele! Já não é só uma brincadeira de namorados!
Eu gosto de mudança. Gosto de desafios. E gosto muito de praia e de calor. E gosto de quebrar a rotina. E gosto de ver a minha filha a correr na praia e a andar descalça 24 horas por dia. E gosto de ter saudades.Não foi fácil decidir ficar mas por tudo acima, fiquei. E porque tive um ano de merda, fiquei. E porque preciso de ver a vida com outros olhos, fiquei. E porque a minha filha corre feita uma louca feliz na praia, todos os dias, fiquei. E porque eu própria corro todos os dias feito louca na praia, fiquei. 

E agora temos um mês pela frente de um novo desafio: estar perto estando longe.
Bendita internet no meio do mato, se não  os sinais de fumo eram capaz de correr mal. 

Mais Crónicas:

-->