Crónicas das Maternidade

Thoughts, stories and ideas.

Autoria de Patrícia Costa
Todos os direitos reservados.
2018

Mitos e verdades sobre a gravidez e o pós-parto

Crónica de 31 / 03 / 2015

Estou para escrever esta crónica há uma série de tempo e depois deixo passar. Até que há algo que me lembra que ela tem de ser escrita!

Grávidas: não leiam! Pode-vos fazer mal!
Quando estava grávida, tive a sensação que tinha vivido toda uma vida num quarto escuro, porque de repente tudo era bonito, tudo se iluminava, sendo que o cor-de-rosa predominava abundantemente. O mundo era afinal maravilhoso!
Depois desovei. E percebi que há uma série de mitos na gravidez. Que se desfazem assim que somos mães:
1. Quando estamos grávidas, toda a gente nos dá o lugar, nos deixa passar e pergunta se está tudo bem. Quando somos mães, aprendemos a abrir a porta com o pé, porque as mãos levam 2 sacos, 1 carrinho e 1 bebé. E 0 pessoas nos ajudam.
2. Quando estamos grávidas, os maridos perguntam o que queremos comer, se queremos uma massagem e como nos sentimos. Depois de sermos mães perguntam-nos o que é o comer.
3. Quando estamos grávidas perguntam-nos se estamos cansadas. Quando somos mães perguntam-nos porque já estamos cansadas.
4. Quando estamos grávidas, ouvem-nos atentamente, com  um brilho nos olhos. Quando somos mães olham-nos com um ar de quem insinua “coitada, ainda está cheia de hormonas.”
5. Quando estamos grávidas, há babyshower, visitas prometidas, programas programados. Quando somos mães quase damos em loucas pois o que falamos 95% do tempo resume-se a “papa, papa!” “Tem cocó!”
6. Quando estamos grávidas, garantem-nos que somos iguais profissionalmente. Quando somos mães dizem à porta fechada que somos mais uma que sai cedo porque tem sempre o filho doente.
7. Quando estamos grávidas dizem-nos que o nosso corpo está lindo, apesar dos 20 kg a mais. Depois de sermos mães, sentimo-nos gordas apesar de serem só 5 kg a mais.
8. Quando estamos grávidas, achamos que a vida será o casal mais um bebé. Quando somos mães percebemos que é um bebé mais um casal em part-time.
9. Quando estamos grávidas achamos que o bebé nasce por um buraquinho que estica magicamente. Quando somos mães, percebemos que o raio do buraco se falasse nos mandava para um sítio muito feio pois passou 2 meses a recuperar de por lá ter passado um ser humano.
10. Quando estamos grávidas, achamos que um recém-nascido é um bebé sorridente que dorme a maior parte do tempo. Quando somos mães percebemos que pagávamos para eles nascerem não só por outro buraco como logo com 6 meses ou 1 ano.
11, Quando estamos grávidas, temos receio de poder não gostar logo dos nossos filhos. Quando somos mães, percebemos que o amor que sentimos é infinito, e que é isso que nos permite aguentar os pontos 1 a 10 acima.

Mais Crónicas:

-->