Crónicas das Maternidade

Thoughts, stories and ideas.

Autoria de Patrícia Costa
Todos os direitos reservados.
2018

O mundo está perdido!

Crónica de 26 / 05 / 2015

Sempre pensei que quando dissesse esta frase era porque estava velha.

Então, preparem-me o kit geriátrico porque velha me confesso!

Conto-vos como envelheci:

Tinhamos recebido, cá em casa, uma carta escrita à mão, a pedir ajuda para o dia da criança.

Eu acho que não recebo uma carta escrita à mão para lá de 2 décadas e só isso fez-me logo sentir transportada para um mundo mais antigo. “Quando tudo era bom!” Como dizem, lá está, os velhos.

Escola Primaria Moçambique

Como tinha trazido alguns brinquedos doados pela Science4You para o Orfanato aqui perto, pensámos em desdobrar o prémio e ajudar também esta escola.

E lá fomos.

Escola Primária Moçambique

Aqui as crianças vão a pé para a escola, desde pequeninos. Mas com uniformes escolares limpos e passados.

Antes de entrarem na sala de aula, fazem fila e cantam o hino. Um hino muito bonito por sinal.

Depois entram na sala.

Ontem, antes de entrarem na sala, as crianças varreram a mesma porque estava muito vento e, como não existem janelas, tinha entrado muita poeira.

Escola Primária Moçambique

O meu coração estava cheio e pequeno ao mesmo tempo: a verdade é que isto já não existe no sitio de onde venho!

Esta união e harmonia à volta do que se tem, em vez do que não se tem.

Esta construção de identidade baseada na união.

Este esforço conjunto pelo que sem quer em vez do que pelo se tem.

E neste exacto momento eu percebi: eu estou porque acredito que o mundo está perdido…

Mas depois chegámos a casa. E a Clara e a avó foram fazer a sua volta às galinhas, coelhos e outros animais domésticos mal-cheirosos. Eu fui correr.

E quando voltei, vejo duas crianças aos pulos (avó e neta): as galinhas tinham posto ovos e elas tinham acabado de apanhar uma meia dúzia.

E foi nesse momento que percebi: o mundo está perdido, sim. Mas, felizmente, ainda existem vários mundos saudáveis para onde podemos ir.

Os ovos das galinhas da Clara :)

Mais Crónicas:

-->