Crónicas das Maternidade

Thoughts, stories and ideas.

Autoria de Patrícia Costa
Todos os direitos reservados.
2018

1 + 1 = 1?

Crónica de 25 / 08 / 2015

Já várias vezes me perguntaram aqui se eu sou solteira/divorciada/separada. Basicamente se estou sozinha.

Comentei isso com alguns amigos que me disseram ser verdade: eu escrevo como se existisse só eu.

Quando penso nisso, a maternidade levou-me o mais para longe da adolescência possível, para longe daquele tempo onde nos tornamos o outro, nos diluímos nele, e onde muitas vezes nos perdemos pois 1 + 1 = 1.

A maternidade trouxe-me para um sitio muito individual. Onde 1 + 1 = 1. Mas esse 1 final sou eu. Onde não consigo não olhar o mundo pelos meus olhos. Sentir pela minha pele e pela minha alma.

A maternidade tornou-me muito animal. Mas não num animal de matilha. Tornou-me num animal mais solitário. Tornou-me numa leoa, como se costuma dizer (as palavras não são minhas ;))

Ao mesmo tempo, nunca foi meu objectivo que esta página fosse um Big Brother bloguiano da minha vida. Isso queriam vocês, saber o que se passa cá em casa! :p

O objectivo sempre foi retratar, na primeira pessoa e em primeira instância (daí as gralhas nos textos…) os sentimentos mais íntimos, e, para mim pelo menos, mais estranhos e novos nisto de ser mãe.

Por isso sim: felizmente ou infelizmente, aqui só têm acesso à vida que acontece na minha cabeça.

Mas só vos posso dizer que não vos conto nem metade daquilo que me ocorre. Por isso pode ser que não se aborreçam (muito).

Mais Crónicas:

-->