Crónicas das Maternidade

Thoughts, stories and ideas.

Autoria de Patrícia Costa
Todos os direitos reservados.
2017

NUTRIÇÃO INFANTIL. A visão de uma nutricionista.

Crónica de 22 / 09 / 2015

Oh não… Mais um texto sobre nutrição.

Conforme prometido à mama da Clara, cá estou eu… A mama da Beatriz, que é nutricionista e gosta destas coisas de blogs e partilhar informação.

Escrever sobre nutrição e alimentação nem sempre é fácil… Esta área funciona um bocadinho como o ditado ” de médico e de louco todos temos um pouco”; e isto aliado à quantidade incrível de (des)informação que circula na internet à mísera distância de um clique, diguemos a verdade, só complica!
Ora vamos por uns pontinhos em alguns ii…

Para as mamãs por si só:
1.Nao há, repito, não há comprimidos nem cremes milagrosos!
Há planos alimentares estruturados, adaptados a cada pessoa, desenhados de acordo com o seu dia-a-dia, gastos energéticos, etc. Aliados de preferência a exercício físico.
O plano para a mamã A pode não servir para a mama B.

  1. Depois de autorização médica, tirem o rabiote do sofá e mexam-se!
    Fechar a boca por si só ajuda, sem dúvida, mas é preciso um empurrão para derrubar as mazelas entre as quais espaçamento abdominal provocado pela distensão dos músculos abdominais na gravidez.
    Se tiverem possibilidade, ginásio. Há excelentes profissionais em excelentes locais com aulas específicas de recuperação pos parto, em que pudemos levar os nossos rebentos. Caso não seja possível, fazer esses mesmos exercícios em casa. Existem vídeos, textos, imagens que ajudam e ensinam.

  2. Adoptar um estilo de vida saudável
    Ou seja, todos os cuidados que fomos tendo durante a gravidez – mantê-los!!!

Para os bebés – ou seja, para as mamãs:
– Na fase ainda de amamentação exclusiva – beber muita água. Comam de forma equilibrada e saudável. E digo-vos já, eu comi e como de tudo sem qualquer restrição ao eventual sabor do leite. E a minha pequena é saudável.

– suplementação ao peito ou fórmula exclusivamente – sejam rigorosas no controlo da preparação dos biberões. Não façam a “olhómetro”. As fórmulas não são exactamente a mesma coisa que o leite materno e desleixos podem levar a aumento de peso dos nossos pequenos.

– introdução à alimentação diversificada – em alguns casos pode levar a um teste da nossa paciência, noutros até corre bem, mas uma coisa é certa… Preparem máquinas fotográficas para as caretas que os nossos pequenos fazem.

Coordenem com o pediatra as etapas e exponham-lhe todas as dúvidas. Se ainda assim não estiverem seguras, falem com um nutricionista. A partilha de informações com outras mamas é sempre importante mas aplica-se a regra do “cada caso é um caso”. Nem sempre o que resultou com uma mama+bebê pode resultar no nosso caso.

Para acabar (e já me estou a alongar – ups), deixo-vos alguns sites de confiança:
Nutrimento.pt
Plataformacontraaobesidade.dgs.pt
Aptababy.com.pt
Nestlebebe.pt

Beijocas nutridas.
Luciana

Mais Crónicas:

-->