Crónicas das Maternidade

Thoughts, stories and ideas.

Autoria de Patrícia Costa
Todos os direitos reservados.
2017

A escolher uma creche

Crónica de 17 / 12 / 2015

Imagino que haja pais para quem esta questão seja fácil. É a escola do irmão mais velho. É a escola da tia. É a escola mais próxima de casa. É a escola que escolhem e podem pagar. É a escola que conseguem pagar. Ponto.

Eu, mãe de primera viagem, debato-me com 3 mil e 500 questões.

Comecei por ignorar os preços. E pensar nas questões importantes: 1) pública 2) perto de casa 3) com uma metodologia de ensino que me tocasse o coração.

Pesquisei de tudo. Waldorf. Montessori. Escola Moderna. High Scope. A escola da esquina. A escola gira.

Comecei a visitar escolas. Confesso que nunca fui tão bem tratada. Nem quando tinha dinheiro para vestir Prada. Parece quase campanha: as escolas conquistam os pais dos alunos como os mosquitos procuram novo sangue: para a vida.

Aqui gostava disto. Ali daquilo. Choquei-me com a possibilidade de ter de ensinar a minha filha a “defender-se” com tão tenra idade. Porra eu com 37 anos, e muita loucura em cima, nunca tive de me defender!

Nesta fase já estou só baralhada. Parece que o mais importante é que eles se sintam amados e acompanhados. Com ou sem metodologia. Com mais ou menos métodos pedagógicos.

Mas quando me pediram quase mil euros por mês numa escola percebi que estava numa fase anárquica: a mim não me apanham a votar em ninguém assim tão facilmente!!!! É que se há quem esteja disposto a gastar isto antes da 1ª classe, quanto vão gastar quando chegarem à universidade???! Bom ai já devem ter garantido que são Presidentes da Republica se não não percebo! Até porque tanta gente que chegou tão longe estudou sabe-se lá onde, e usou “apenas” da sua força de bondade para ir mais longe….

Vou mazé abrir uma garrafa de vinho enquanto penso melhor nesta questão….

Mais Crónicas:

-->