Crónicas das Maternidade

Thoughts, stories and ideas.

Autoria de Patrícia Costa
Todos os direitos reservados.
2017

"Mamã, tou àpontar!"

Crónica de 13 / 01 / 2016

Diz-me ela recentemente, como quem descobriu um novo poder.

“Tou àpontar para a janela!”

“Tou àpontar para o carro!”

E os olhos dela brilham, à espera da magia.

Não é preciso acontecer nada, porque nos olhos das crianças tudo é magia.

Então quando passamos a apontar só o que não brilha?

Quando é que a vida atraiçoa os sonhos de criança e passamos só a apontar os nossos feitios e os defeitos dos outros?

Sim, porque, de uma forma geral, os adultos apontam. Mas não à espera da magia da vida. Apontam os defeitos dos outros. Apontam os erros. Apontam o que correu mal.

Quando é que deixamos de apontar à espera da magia? No dia que temos medo que nos apontem o dedo a nós?

Mais Crónicas:

-->