Crónicas das Maternidade

Thoughts, stories and ideas.

Autoria de Patrícia Costa
Todos os direitos reservados.
2017

A vida é madrasta para uma mãe

Crónica de 21 / 10 / 2016

Há um mês começou a escola.
Há um mês que está doente.
Há um mês que tem pesadelos.
Há um mês que iniciei a minha nova actividade.
Há um mês que estou exausta.

Ontem cheguei a casa tarde, depois de mais um dia de workshop.

"A Clara queixou-se do ouvido, e choramingou..." disse-me a avó Leta (que entretanto conseguiu ser promovida a filha e promover-me a mim a avó! :))

"OK," disse eu, "Deixa ver como corre a noite!" acrescentei, esperançosa que fosse apenas um intervalo para comerciais em vez de uma novela que levaria a urgências e mais noites mal dormidas.

Ela adormeceu. Eu sentei-me ao computador. Por momentos, pareceu estar tudo bem. Mas algo em mim sentia que não podia descansar.

Meia noite: "maaaaaaaaaaaammmmmmmmãaaaaaa!!! doooooooi! BUAAAAAAAAAA!

Corri para ela com o meu coração do tamanho de uma ervilha bebé.

Cabeça cansada mas já em estado de sobrevivência: "vamos gerir a dor para que não tenhamos de ir a esta hora para as urgências... não é fácil de um terceiro andar sem elevador a meio da noite!"

"Vai ficar tudo bem, meu amor, a mamã está aqui!"

Onde metemos o cansaço nestas horas?
Onde arranjamos a energia?

E o meu coração só pensava em histórias que não a minha:

que faz uma mãe que, tem mais que 1 filho, que 1 ou mais estão doentes... e que amanhã de manhã, dê por onde der, terá de arranjar energias para ir trabalhar, com olheiras e cansaço a sobejar fortemente, eventualmente olhada de lado pelos colegas que a acharão "trombuda" mas que agora, e só agora, não deixará nunca o seu filho notar que ela sabe que vai pagar cara esta noite?

"Vai ficar tudo bem, meu amor, a mamã está aqui!"

Tenho percebido que a vida é madrasta com as mães.

Porque não, nós não somos mil coisas como se costuma dizer por aí.

Nós somos só uma. Que arranja é maneira de valer por muitas.

"Vai ficar tudo bem, meu amor, a mamã está aqui!"

Mais Crónicas:

-->