Crónicas das Maternidade

Thoughts, stories and ideas.

Autoria de Patrícia Costa
Todos os direitos reservados.
2017

Fazes um aninho, mas tens a vida pela frente...

Crónica de 05 / 12 / 2016

Fazes um ano, querida vida nova. Faz um ano que dei este salto para uma nova vida.

Há um ano que comecei do zero, do nada. Apenas com a coragem de quem quer ser feliz.

Foi um ano muito complicado. Mas foi um ano muito feliz também, confesso: foi um ano onde dormi todos os dias com a consciência tranquila. E sempre com o apoio de quem gosta de mim.

Passado tanto tempo, nem sempre é fácil: não é fácil perceberes que, ser sóbrio, ser sólido, não é algo temporário mas algo que te irá sempre competir a ti, mãe.

Houve alturas do ano que contava os tostões para comprar comida. Mas, todos os dias, ia com a minha filha brincar para o jardim.

Tinha tanto tempo... tanto medo de não ser capaz. Hoje sei que sou capaz disso e de muito mais: afinal, quem dá um salto no escuro, com uma criança no colo, e aterra com os dois pés sólidos no chão não é pequena. É grande. E é forte.

Eu sou forte!

A certeza de fazer o correcto é algo que nos solidifica. A certeza de que não precisamos de procurar lá fora nada que nos garanta torna-nos invencíveis.

É certo, às vezes percebo que sou eu, Patricia, que fico a ver a vida a acontecer. Sem a disponibilidade de uma falsa solteira ou de uma mãe moderna. Não a tenho.

Sou mãe. A tempo inteiro. E esta é a minha vida. De cabeça erguida. Com muito orgulho de tudo o que isso proporciona à minha filha.

Foi um ano difícil. Mas, um ano depois, construi uma vida, uma casa, memórias de infância, uma rede de amigos e um porto de abrigo para mim: este blog.

Fazes um ano, querida vida nova. Mas tens a vida pela frente. Porque fazer o correcto quando tudo à tua volta desaba é o mais difícil.

E agora, que aprendeste a andar, fácil será começar a correr, a dançar e a voar.

Porque tu, querida vida nova, tens a vida pela frente. E eu tenho uma vida para trás para garantir que a que aí vem será melhor que a que já foi.

Mais Crónicas:

-->