Crónicas das Maternidade

Thoughts, stories and ideas.

Autoria de Patrícia Costa
Todos os direitos reservados.
2017

Abracinho

Crónica de 03 / 01 / 2017

11 horas de voo. Poucas horas de sono. Muitos graus centígrados. Um barco. Um carro. Um colo. Várias birras.

Chegamos. Aterramos. Pousamos.

E agora?

Agora, como já falei aqui, temos de estar e não só ser, e andámos às turras uns dias.

Eu estava cansada, assumo. Coisa difícil de uma mulher fazer mas cada vez mais importante para mim: assumir-me cansada. Assumir que não dou para tudo a toda a hora à mesma velocidade.

É também a minha luta contra o rapidismo pode impor na minha filha: escola. natação. ginástica. música. amigos. brincar. estudar. ajudar em casa. Não!

Eu estava cansada.

Ela mais cansada estava, como podem imaginar.

Mas, ironicamente, são muitas vezes os filhos que não dão lições de vida:

mamã dás-me um abracinho?

Dei um. dei dois. No terceiro fiquei lá meia hora.

Às vezes basta um abracinho para mandar o cansaço dar uma volta <3

Mais Crónicas:

-->