Crónicas das Maternidade

Thoughts, stories and ideas.

Autoria de Patrícia Costa
Todos os direitos reservados.
2017

O que mudou na minha vida?

Crónica de 13 / 03 / 2017

Desde a reportagem da SIC, que há uma pergunta que não me saiu da cabeça:

O que mudou na tua vida?

O quê?
Desde que era solteira e empresária?
Para ter passado a ser mãe e casada?
Ou mãe separada?
E desempregada?

Por onde começo a descrever o que está diferente... quando nada está igual?!

Tentei ser objectiva. Sair do loop de emoções para onde pensar em tudo isto me leva.

Objectivamente, o que está diferente?!

Bem...
Tenho muito menos dinheiro. E tive de aprender a viver com isso.
Tenho muito mais tempo. E tive de aprender a viver com isso.

Aprendi a ouvir os meus pensamentos.E os meus medos.
A estar sozinha sem nunca estar solitária.

Percebi que a vida é muito mais do que ter de ou precisar de.
E se não a encheres de bens que não se veem, que não se agarram, não há bem material que te salve.

Deixei de reclamar de tudo o que não gosto de fazer.
Aprendi a gostar de cozinhar, aspirar e quase que já gosto de lavar a roupa.
(Não é à toa que os Budistas fazem tarefas domésticas para acalmar a mente...)

Aprendi a ter prazer nas coisas que demoram, o tempo tem uma razão de existir.

Percebi que é difícil encontrar o nosso propósito na vida. Os filhos lembram-nos disso. às vezes da maneira mais cruel pois não é fácil ser só mãe (ou pai).

Percebi que não há certo nem errado, apenas escolhas.
É difícil não julgar e não ser julgado. Mas é importante ouvir o nosso coração.

As crianças trazem o melhor e o pior de nós ao de cima.
Porque vivem sempre a sentir.
E devíamos aprender com elas. Afinal, o melhor e o pior de nós coexistem.

Ainda não aprendi. Mas estou a tentar. Que a felicidade não é quando os outros olham para nós e batem palmas pelo que veem.
A felicidade é quando nós olhamos para dentro e batemos palmas pela pessoa que somos.

O caminho faz-se caminhando não é? Diz que sim ;)

Mais Crónicas:

-->