Crónicas das Maternidade

Thoughts, stories and ideas.

Autoria de Patrícia Costa
Todos os direitos reservados.
2017

Para ti, que tens um bebé

Crónica de 14 / 03 / 2017

Estás cansada.
Estás triste.
Estás feliz.
Mas estás cansada e triste.

O peso que saiu de dentro de ti
parece ter-se instalado em cima de ti.
Apesar da incalculável felicidade.

Gostavas de pedir colo. Gostavas de fugir um pouco.
Mas és tu quem dá colo.
És tu que queres mostrar que não precisas de ajuda.

Estás cansada.
Estás triste.
E essa tristeza deixa-te ainda mais triste...
Porque estás tu triste afinal?
Não queres saber. Não saberás lidar com a resposta.

Queres mostrar que não precisas de ajuda. É teu filho! Tu consegues!
Mas não sabes como vais aguentar. Já não te sentes tu. Quem és tu agora?

Não dormes.
Só querias dormir um pouco.
Porque não dorme o teu bebé?
Ocorrem-te pensamentos.
Que te deixam mais triste.
Se ao menos dormisses.
Se ao menos pudesses tu ter colo.

Choras.
Para dentro.
Para fora.
E para dentro de novo.

Que mundo novo é este?

É o teu novo mundo. Onde vais aprender a viver. A estar.
Também tu estás a nascer.
Nasceste mãe só agora.

Vais aprender a gatinhar. Andar. Cair.
Não tenhas medo. Porque vais conseguir.

Não pares de tentar.
Não pares de acreditar que consegues.
Porque tu consegues.

Como o teu bebé conseguirá dormir.
E conseguirá andar.
Mesmo que para isso tenha de cair.

Levanta-te.
Limpa as lágrimas.
E chora de novo.
E tenta de novo.

Porque novamente sorrirás.
Para dentro.
E para fora.

Força.

Mais Crónicas:

-->