Crónicas das Maternidade

Thoughts, stories and ideas.

Autoria de Patrícia Costa
Todos os direitos reservados.
2017

As coisas que eu queria muito dizer (mas não digo... por isso escrevo!)

Crónica de 28 / 04 / 2017

Há 580 mil situações que, à força de agora sermos mães, seres dotados de uma capacidade de controle estratosférica (se não voavam crianças das janelas ao minuto), não respondemos.

Sorrimos. Engolimos o sapo. E seguimos principescamente em frente.

Mas, na nossa cabeça, a resposta fica. Presa. Enraivecida. Qual criança que chega à praia e tem de oferecer todos os seus brinquedos à criancinha do lado.

Decidi então que, já que não posso bater na criancinha do lado, vou escrever o que lhe diria. Ou a todos os adultos que me abordam com questões equivalentes:

ADULTO: "Clara as meninas devem ficar sentadas à mesa durante tooooooda a refeição. Patricia a tua filha não fica sentada à mesa?"

EU: O teu marido também não e ainda assim cozinhas para ele. Além disso ele cheira mal. Ao menos a minha filha não.

ADULTO: Patrícia já tiveste mais piada nas coisas que escreves!

EU: "Tu também já tiveste menos 20 kg, como vês, todos temos direito à vida! Deve ser só porque vem cá o Papa!"

ADULTO: "A Clara ainda come com as mãos?! Não lhe ensinam na escola a comer de faca e garfo?!

EU: "Era isso ou aulas de kong fu. Optei pelo kong fu que me parece ser-lhe mais útil. Cuidado com a cabeça que anda a aprender a arranca-las!"

ADULTO: "Está a gritar muito! Que grande birra! Já és crescida Clarinha"

EU: "Tu Também. E é por isso que o teu marido tem 5 hobbies. Ou achas mesmo que fica a trabalhar até tarde todos os dias?!"

ADULTO: "Clara estás com tosse! A tua mãe deixou-te sair de casa nesse estado?! EU: "Na verdade tentei que saísse toda nua a ver se ficava mesmo doente mas o raio da miúda quis vir vestida. Lá terei de ficar só com tosse em vez de cheia de gripe em casa!"

ADULTO: "São 9 da noite e ainda não está deitada a tua filha?! A que horas dorme?!

EU: "Normalmente dou-lhe as drogas para apagar às 6 da tarde, devo ter que aumentar a dose porque se não ainda se deita lá para as 10 da noite!"

(Ah, já me sinto melhor! Soube mesmo bem escrever isto! Especialmente porque continuo uma mãe polida e bem educada para o mundo exterior! Imaginem que sabiam o que eu penso ;))

Mais Crónicas:

-->