Crónicas das Maternidade

Thoughts, stories and ideas.

Autoria de Patrícia Costa
Todos os direitos reservados.
2017

Que raio acontece aos neurónios depois das férias?

Crónica de 12 / 06 / 2017

Vamos de férias, aquelas férias pelas quais tanto esperámos.

Nos primeiros dias ainda sentimos stress, uma vontade de olhar sempre para o telefone, para o relógio, pensar no que está na hora de fazer.

Depois começamos a perceber que já não somos dinossauros histéricos de manhã e isso é fixe.

Se demoram meia hora a comer ou cinco minutos. Se brincamos todos antes de comer.

Também deixamos de ser umas feras malucas se não comem tudo, ou sujam o chão, se comem bife tenro ou douraditos.

Passados uns dias já rimos. Muito e descontraídamente.

Brincamos com os nossos filhos como não fazíamos há muito. Almoçamos 2 horas depois enquanto nos esquecemos do telefone em casa.

Mais uns dias e percebemos que mudamos: estamos mais relaxadas, tranquilas, e até humanas!

Ao final desse dia vemos que isso tem impacto em quem nos rodeia e assustamo-nos um bocado: que raio se passa connosco o resto do ano?!

Prometemos mudar. Menos internet. Menos telefone. Menos gritos e discussões. Mais passeios no parque. Menos televisão para os putos. Mais tempo em família!

Sim! Vamos mudar! E disso temos a certeza!

Até regressar a casa. E achar que isso é para quem não tem de trabalhar. Que ganhar dinheiro para pagar as contas é o que fazem os adultos.

Uma discussão. Uma birra. Está na hora da cama o que ainda fazes acordado?!

Acabaram as férias e voltou a rotina. Tem de ser! pensamos. Isto é ser adulto!

É o que pensaremos até às próximas férias. Aleita em que voltamos a sentir que não vivemos como gostariamos.

E que a vida nos está a passar ao lado. A nossa e, pior, a dos nossos filhos que já falam, já andam. E já vão sair de casa este ano.

Mais Crónicas:

-->