Crónicas das Maternidade

Thoughts, stories and ideas.

Autoria de Patrícia Costa
Todos os direitos reservados.
2017

O primeiro dia de aulas, visto pela mãe

Crónica de 07 / 09 / 2017

E ontem lá foi ela para o primeiro dia do jardim de infância.

Ia feliz, para minha felicidade, e deixá-la foi tão fácil como acordar num domingo de manhã com sol.

Vim-me embora, aliviada. Mas na verdade o meu dia ainda só estava a começar.

Não tinha nada assim de muito especial para fazer, a não ser tudo o que não faço quando ela não está em casa.

Levanta papeis aqui. Marca consultas ali. CTT. supermercado. Lava roupa.

Mas querem saber a que me soube este dia? Querem mesmo?

O primeiro dia de escola da minha filha soube-me a passar um dia num SPA, com massagens de óleos relaxantes, feita numa sala com música budista, por alguém com mãos de fada.

Ah sim, porque não passar o dia sem poder piscar os olhos para ver se ninguém cai, se se parte a si ou a algo, se não deita comida por fora ou a mete toda para dentro, se não grita, atropela ou bate em ninguém, se não se magoa, nem cai, nem pinta nada indevidamente, enquanto se cozinha, lava e estende roupa, arruma e varre, e se fala em voz assertiva mas mimosa, autoritária mas carinhosa, se faz puzzles e o jantar, legos e o almoço, aguarelas e um lanche, é um SPA.

Agora vá. Mães prendadas e sofridas. Quem quiser que atire a primeira pedra. Que eu estou tão relaxada que ainda a faço mazé levitar.

(em minha defesa já é o segundo ano da Clara na escola. Já vivi a experiência sofrida e cumpri a minha parte de carpideira. Agora quero apenas lembrar que está nessa situação que vai correr tudo bem <3)

Mais Crónicas:

-->