Crónicas das Maternidade

Thoughts, stories and ideas.

Autoria de Patrícia Costa
Todos os direitos reservados.
2017

Dificuldades de uma mulher solteira (quase) aos 40

Crónica de 02 / 10 / 2017

Uma rapariga solteira é apenas uma rapariga solteira.

Já uma mulher aos 40 anos, separada, parece ser um bicho que julgam só ser solteira porque não consegue arranjar ninguém.

Quando basta olhar porta fora e ver que não existem propriamente resmas de Adonis a passear na rua.

Vou então partilhar convosco algumas das dificuldades que vejo em ser solteira aos 40 anos:

  1. Os rapazes giros e simpáticos já nasceram quando andavas na faculdade, tipo nos anos 90.

  2. Os rapazes menos giros mas ainda assim simpáticos, conversam contigo mas na verdade têm namorada e/ou esposa.

  3. Os rapazes giros e interessantes gostam mesmo é de conversar muito. Mas se lhes perguntas, por exemplo, se querem jantar, fogem a 7 pés porque têm um medo do compromisso que se pelam. E como são giros safam-se sempre.

  4. Os rapazes feios e interessantes têm a mesma namorada há 500 anos, porque a sorte pode não bafejar duas vezes.

  5. Os pais separados têm todos namorada. Os que não têm, não querem ver mulheres a menos de 1 metro de distância.

  6. Os homens introvertidos são uma espécie de fantasma: é mais fácil ganhar o euromilhões do que pô-los a falar. E assim como assim talvez seja melhor não falarem porque nunca sabemos o que vão dizer.

  7. Os rapazes extrovertidos não se lembram do teu nome pois falam contigo e com mais 100.

  8. Os rapazes normais acham que uma mulher ser solteira aos 40 anos não é normal.

  9. Os rapazes doidos e aventureiros até podiam oferecer uns tempos bem passados mas a malta já anda cá há tempo suficiente para saber que iam dar mais dores de cabeça que o contrário.

  10. A maioria dos rapazes, tímidos e extrovertidos, feios e bonitos, solteiros e casados, é um espectáculo atrás de um ecrã de computador ou telefone. Mas sair do ecrã é uma coisa muito antiquada. Onde é que já se viu as pessoas darem-se directamente com as outras pessoas!

Mais Crónicas:

-->