Crónicas das Maternidade

Thoughts, stories and ideas.

Autoria de Patrícia Costa
Todos os direitos reservados.
2017

"A parte mais fácil são as crianças! Adaptam-se a tudo!"

Crónica de 19 / 11 / 2017

Sempre ouvi dizer que as crianças são as primeira a adaptarem-se às mudanças e aquelas que maior facilidade têm em fazê-lo.

My ass! Posso agora responder.

As crianças, como qualquer ser humano, estranham as mudanças. E não é porque a colcha era verde a gora amarela, ou a casa no terceiro andar e agora no rés-do-chão. Não.

Tal como nós, adultos, as crianças têm nas referências à sua volta a noção de segurança.

Saber a que horas acordam e qual é o trajecto para a escola. Saber que o dia de fato de treino é dia de ginástica com o professor André. Saber que a mãe quando está zangada alerta para os níveis de paciência. Ou que em dias de chuva se pode saltar nas poças desde que se use galochas.

O conhecimento do mundo dá-nos a certeza do que vai acontecer. Do que podemos fazer. De onde entramos em transgressão. Ou quando vamos receber alguma remuneração. Conhecer o mundo dá-nos a certeza de nós. E é por isso que não ter essa certeza nos deixa à deriva. A todos nós.

Ai tantas birras que ela faz! Xiça, que anda chata! Bem, se não a pões na ordem agora quando crescer vai ser pior!

Pois está claro. As crianças, aqui ao contrário dos adultos, não sabem dizer: fogo mas que mer cena é esta? está tudo doido?! Não sabem dizer que têm sono. Que não percebem porque o pai foi embora ou o que significa ele ter uma namorada. Não decifram de imediato que uma escola nova significa um adeus à escola antiga. E que quando alguém liga porque está com saudades, esse alguém não está mais perto porque não pode.

**A solução para tudo isto é paciência. Muita. Para a emigração. E para os divórcios. Para o cansaço e a mudança de emprego. Para a tristeza escondida ou o desejo de fast forward: p-a-c-i-ê-n-c-i-a. Para eles. p-a-c-i-ê-n-c-i-a. Para nós. p-a-c-i-ê-n-c-i-a. Para que a vida, a seu tempo, escreva direito. Porque escreve sempre. Tenhamos nós p-a-c-i-ê-n-c-i-a.

Mais Crónicas:

-->